Regulamento

Prêmio eSports Brasil Regras de Atribuição

O Prêmio eSports Brasil 2021 (“Prêmio”) tem como objetivo engrandecer o esporte eletrônico no país, reconhecendo e premiando os atletas profissionais e personalidades que contribuíram para o desenvolvimento do cenário no ano de 2021, e melhor representaram o Brasil em cada modalidade competitiva, de acordo com a opinião de especialistas do meio e do público.

1. Definições:

a. As seguintes palavras em maiúsculas, expressões e abreviaturas terão os significados que lhes foram atribuídos abaixo:

i. Streamer: é a pessoa física que, habitualmente, desenvolve transmissões ao vivo, de conteúdo ligado diretamente ou não ao esporte eletrônico.

ii. Superjúri: é um grupo formado por pessoas físicas convidadas pela organização do Prêmio eSports Brasil para participar como jurados especialistas em suas respectivas Categorias Técnicas.

iii. Plataforma: é o site oficial do Prêmio, no qual será possível se informar, indicar e votar em candidatos para concorrer em cada categoria do Prêmio.

iv. Portais: é um grupo formado por sites de notícias especializadas em esportes eletrônicos (pessoas jurídicas) convidados pela organização do Prêmio eSports Brasil para participar como jurados especialistas nas categorias Semi Populares.

2. Da realização do Prêmio:

a. O Prêmio eSports Brasil é organizado e realizado em parceria entre a Player1 Gaming Group e a V3A, com o objetivo de premiar atletas profissionais, personalidades, organizações e jogos, e reconhecer suas contribuições para o engrandecimento do cenário de esporte eletrônico nacional, mediante o julgamento de profissionais da categoria e do público entusiasta.

b. O Prêmio é dividido em três tipos de categorias: as Técnicas, as Semi Populares e as Populares. Cada tipo possui as suas próprias regras de votação, que estão definidas abaixo.

3. Dos participantes indicados:

a. Para fins de participação no Prêmio eSports Brasil, serão considerados atletas profissionais, organizações e streamers exclusivamente brasileiros e atuantes em 2021.

b. Deverão ser considerados os feitos realizados entre 22 de outubro de 2020 (data final da indicação de nomes para a edição do Prêmio eSports Brasil 2020) e 08 de outubro de 2021 (data final da indicação de nomes para a edição do Prêmio eSports Brasil 2021).

4. Das categorias técnicas:

a. O Prêmio apresentado contemplará as seguintes categorias, denominadas como Técnicas:

i. Melhor atleta de League of Legends;

ii. Melhor atleta de Valorant;

iii. Melhor atleta de DOTA 2;

iv. Melhor atleta de CS:GO;

v. Melhor atleta de Futebol Virtual;

vi. Melhor atleta de Card Game;

vii. Melhor atleta de Rainbow Six Siege;

viii. Melhor atleta de Free Fire;

ix. Melhor atleta de Mobile Games;

x. Melhor atleta de Battle Royale;

xi. Melhor atleta de Fighting Games;

xii. Melhor atleta de outras modalidades;

xiii. Personalidade do ano;

xiv. Atleta revelação;

xv. Atleta revelação Feminina;

xvi. Melhor Atleta Feminina;

xvii. Atleta de eSports do ano.

b. As categorias denominadas “Melhor atleta” reconhecem o principal atleta profissional em cada categoria, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), considerando suas conquistas, desempenho e conduta esportiva dentro de sua respectiva modalidade (game) durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

c. Na categoria denominada “Personalidade do ano”, não serão considerados os desempenhos técnico ou esportivo dos indicados, mas sim sua contribuição para o desenvolvimento do esporte eletrônico no Brasil. Podem ser indicados atletas profissionais, streamers, integrantes da indústria no setor, ou ainda qualquer pessoa física, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), que tenha desempenhado papel relevante para o desenvolvimento do eSport no Brasil durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

d. Na categoria denominada “Atleta revelação”, será premiado, de acordo com seu desempenho esportivo e técnico, o melhor atleta profissional, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), de qualquer modalidade de esporte eletrônico, que tenha disputado campeonatos oficiais pela primeira vez a partir do ano de 2020, tendo ascensão de sua carreira durante o período explicitado no item b do Artigo 3°. Atletas que tenham sido indicados nesta categoria no Prêmio eSports Brasil 2020, não poderão participar.

e. Na categoria denominada “Melhor atleta de Card Game”, será premiado o melhor atleta profissional brasileiro, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), considerando os jogos competitivos de cartas, como por exemplo HearthStone, Gwent e Magic. Deverá ser analisado seu desempenho técnico e esportivo durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

f. Na categoria denominada “Melhor atleta de Mobile Games”, será premiado o melhor atleta profissional brasileiro, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), considerando os jogos competitivos disputados pelo celular, como por exemplo Clash Royale, Vainglory e Arena of Valor. Deverá ser analisado seu desempenho técnico e esportivo durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

g. Na categoria denominada “Melhor atleta de Battle Royale”, será premiado o melhor atleta profissional brasileiro, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), considerando os jogos competitivos de batalha, como por exemplo: Fortnite, PUBG, Apex Legends e outros. Deverá ser analisado seu desempenho técnico e esportivo durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

h. Na categoria denominada “Melhor atleta de Fighting Games”, será premiado o melhor atleta profissional brasileiro, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), considerando os jogos competitivos de luta, como por exemplo: Street Fighter, Mortal Kombat, Tekken, Injustice, Dragon Ball Super e outros. Deverá ser analisado seu desempenho técnico e esportivo durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

i. Na categoria denominada “Atleta de eSports do ano”, será premiado o melhor atleta profissional brasileiro, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros) e independentemente de modalidade que joga. Deverá ser analisado seu desempenho técnico e esportivo durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

j. Na categoria denominada “Atleta revelação Feminina”, será premiada, de acordo com seu desempenho esportivo e técnico, a melhor atleta profissional brasileira, do gênero feminino, de qualquer modalidade de esporte eletrônico, que tenha disputado campeonatos oficiais pela primeira vez a partir do ano de 2020, tendo ascensão de sua carreira durante o período explicitado no item b do Artigo 3°. Atletas que tenham sido indicadas nesta categoria no Prêmio eSports Brasil 2020, não poderão participar.

k. Na categoria denominada “Melhor Atleta Feminina”, será premiada a melhor atleta profissional brasileira, do gênero feminino, independentemente de modalidade. Deverá ser analisado seu desempenho técnico e esportivo durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

l. A categoria denominada “Melhor atleta de outras modalidades” recompensa o principal atleta profissional, independentemente do gênero (masculino, feminino ou quaisquer outros), de qualquer categoria de esporte eletrônico não listada anteriormente, ou seja, aquelas que não possuem uma categoria específica de seu jogo ou de seu gênero de jogo, sendo considerado para tal qualquer modalidade de jogo eletrônico em que haja a realização de eventos competitivos profissionais com a participação de atletas brasileiros. Deve-se levar em consideração suas conquistas, desempenho e conduta esportiva durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

5. Do Superjúri:

a. O Superjúri é composto de convidados que participarão das Categorias Técnicas e Semi Populares, e a critério da curadoria do Prêmio eSports Brasil, possuem grande conhecimento do cenário de esportes eletrônicos nacional, independentemente da função que exercem, sendo certo que o voto de cada jurado tem sempre o mesmo peso na votação.

b. Para cada categoria Técnica do Prêmio há 5 (cinco) jurados especializados, convidados oficialmente pelo Prêmio eSports Brasil, que votam na categoria em que são considerados especialistas.

c. Para cada categoria Semi Popular do Prêmio há 5 (cinco) portais especializados em cobertura de esportes eletrônicos, convidados oficialmente pelo Prêmio eSports Brasil, que votarão, junto ao Superjúri e ao público, nas categorias Semi Populares. É recomendado que cada portal reúna suas respectivas equipes e realize um voto baseado na opinião de todos os seus colaboradores.

d. Os membros do Superjúri poderão ser narradores, comentaristas, analistas, jornalistas, ex atletas ou qualquer pessoa física que tenha papel relevante no segmento de esportes eletrônicos, sendo proibida a participação de quaisquer pessoas que tenham vínculos empregatícios ou de prestação de serviços com equipes que atuem profissionalmente em campeonatos de elite na modalidade a ser votada. Está vetada a participação no júri de membros de organizações, desde jogadores, integrantes de comissão técnica que atuem em quaisquer áreas, donos e investidores. Também está vetada a participação de profissionais que façam representação de atletas, streamers ou personalidades dos esportes eletrônicos.

e. Os membros do Superjúri não podem, em quaisquer das categorias, votarem em si mesmos, e devem atender a todos os prazos estabelecidos para votação, os quais constam do e-mail convite para participação dos mesmos.

f. Caso os jurados não atendam aos prazos indicados pela organização para apresentação de seus votos, os mesmos serão desconsiderados da votação.

g. Os membros do Superjúri devem, obrigatoriamente, indicar nomes e posteriormente votar na categoria em que são especialistas, sendo proibido o voto nas outras categorias, exceto as indicadas no item h do Artigo 5°.

h. Os membros do Superjúri poderão votar em outras 3 (três) categorias além das em que são especialistas, são elas: Personalidade do Ano, Atleta Revelação e Atleta de eSports do Ano. Por exemplo, se um membro do Superjúri é convidado a votar na categoria Melhor Atleta de CS:GO, ele poderá votar exclusivamente nas seguintes categorias: Melhor Atleta de CS:GO, Personalidade do Ano, Atleta Revelação e Atleta de eSports do Ano.

i. Os votos do Superjúri serão mantidos em sigilo, não havendo divulgação em quaisquer veículos, canais ou plataformas de comunicação.

j. Fica proibido aos membros do Superjúri a divulgação de seus votos através de quaisquer veículos de comunicação de qualquer natureza no período que antecede a cerimônia de premiação do Prêmio eSports Brasil.

k. A votação dos membros do Superjúri é realizada através de uma plataforma digital oficial fornecida pela organização do Prêmio eSports Brasil.

6. Da votação das categorias Técnicas (exceto Atleta de eSports do Ano):

a. A premiação das categorias Técnicas será dividida em 3 (três) etapas:

i. 1a etapa: o Superjúri indicará possíveis candidatos e a curadoria do Prêmio selecionará 8 (oito) candidatos por categoria Técnica;

ii. 2a etapa: a votação será aberta ao público por 21 (vinte e um) dias e, desses 8 (oito) candidatos, o mais votado será automaticamente 1 (um) finalista;

iii. 3a etapa: o Superjúri selecionará mais 2 (dois) finalistas para compor o pódio.

iv. 4a etapa: o Superjúri elege o vencedor de cada categoria escolhendo 1 (um) entre os 3 (três) finalistas.

b. Na primeira etapa das categorias Técnicas, o Superjúri indicará até 10 (dez) nomes de expressão nacional, que se enquadram no perfil de participantes indicados (Artigo 4o) para cada categoria Técnica. Após a indicação dos nomes, a curadoria do Prêmio eSports Brasil fará o levantamento dos indicados e listará os 8 (oito) nomes que conquistaram o maior número de votos e se enquadram no Artigo 4°, que seguirão para a segunda etapa.

c. Na segunda etapa das categorias Técnicas, os 8 (oito) nomes que passaram pela primeira etapa, serão encaminhados para votação popular, pelo prazo de 17 (dezessete) dias, sendo certo que o mais votado será, automaticamente, um dos 3 (três) finalistas de suas respectivas categorias.

d. Na terceira etapa o Superjúri recebe a informação do candidato mais votado pelo público e o considera como um dos finalistas. Em seguida, o Superjúri seleciona, entre os 7 (sete) candidatos restantes, mais 2 (dois) finalistas, organizando e ordenando seu pódio, do primeiro ao terceiro colocado.

e. Cada posição adquirida no pódio na terceira etapa é equivalente a uma pontuação. São elas: 1° colocado: 10 (dez) pontos; 2° colocado: 5 (cinco) pontos; 3° colocado: 3 (três) pontos. Desta forma, os 3 (três) maiores pontuadores serão considerados finalistas de cada categoria.

f. Na quarta etapa o Superjúri deverá escolher, entre os 3 (três) finalistas, o vencedor. O finalista que receber mais votos nesta etapa será o campeão de sua respectiva categoria. O campeão somente será revelado durante a cerimônia de premiação do Prêmio eSports Brasil.

7. Dos critérios de desempate nas categorias Técnicas (exceto Atleta de eSports do Ano):

a. Em caso de empate ao final das indicações, serão adotados critérios de desempate para definir as devidas colocações.

b. Os critérios que desempatam a votação são feitos através da pontuação alcançada pelo finalista durante a terceira etapa. Caso o empate persista, o vencedor será aquele que conquistar mais votos do público na segunda etapa.

8. Da votação da categoria Técnica denominada Atleta de eSports do Ano:

a. A premiação da categoria Atleta de eSports do Ano tem apenas uma etapa:

i. No mesmo acesso à plataforma que o Superjúri deverá fazer referente à quarta etapa, deverá também escolher o Melhor Atleta de eSports do Ano. Cada membro do Superjúri deverá escolher apenas um atleta, entre todos os finalistas das categorias: Melhor atleta de League of Legends; Melhor atleta de DOTA 2; Melhor atleta de CS:GO; Melhor atleta de Valorant; Melhor atleta de Futebol Virtual; Melhor atleta de Card Game; Melhor atleta de Rainbow Six Siege; Melhor atleta de Free Fire; Melhor atleta de Mobile Games; Melhor atleta de Battle Royale; Melhor atleta de Fighting Games; Melhor atleta de outras modalidades; Ao final, o atleta que possuir maior número de votos, e também vença sua respectiva categoria, será o vencedor da categoria de Melhor Atleta de eSports do Ano. Caso o atleta que receber o maior número de votos não tenha vencido sua respectiva categoria, o troféu será entregue ao próximo atleta com maior número de votos que tenha vencido sua categoria. Em caso de empate, a curadoria do Prêmio eSports Brasil terá o poder para decidir o vencedor.

9. Das datas de indicação e votação das categorias Técnicas:

a. Os períodos de indicação e votação deverão ser seguidos sem prorrogação de prazo, tendo seu início sempre à 00:00:01 e fim às 23:59:59 dos respectivos dias determinados abaixo:

i. 1a etapa: de 08 de outubro de 2021 a 15 de outubro de 2021.

ii. Anúncio dos atletas indicados na 1a etapa: 22 de outubro de 2021.

iii. 2a etapa: de 22 de outubro de 2021 a 07 de novembro de 2021.

iv. 3a etapa: de 09 de novembro de 2021 a 11 de novembro de 2021.

v. Anúncio dos finalistas: 18 de novembro de 2021

vi. 4a etapa: de 20 de novembro de 2021 a 25 de novembro de 2021

10. Das categorias Semi Populares:

a. Farão parte do Prêmio, ainda, as categorias abaixo, denominadas como Semi Populares:

i. Melhor Organização;

ii. Melhor Jogo;

iii. Melhor Streamer;

iv. Melhor Caster.

b. Na categoria denominada “Melhor Organização”, será premiada a melhor organização esportiva do cenário do esporte eletrônico nacional, de acordo com seu desempenho no cenário durante o período explicitado no item b do Artigo 3°, de acordo com a opinião do público, Superjúri e Portais. Deverá ser considerada organização para tal fim, a pessoa jurídica atuante no segmento, mediante a participação em campeonatos de esporte eletrônico em ao menos uma modalidade.

i. Deverão ser considerados para a avaliação desta categoria os seguintes critérios:

1. Comprometimento com jogadores e influenciadores;
2. Presença nas redes sociais;
3. Engajamento e conteúdo;
4. Resultados em torneios;
5. Responsabilidade social.

c. Na categoria denominada “Melhor Jogo”, será premiado o melhor jogo de esporte eletrônico do período explicitado no item b do Artigo 3°, de acordo com a opinião do público, Superjúri e Portais. O Prêmio deverá ser entregue à empresa desenvolvedora do mesmo.

i. Deverão ser considerados para a avaliação desta categoria os seguintes critérios:

1. Ter cenário competitivo;
2. Apoio às equipes, atletas e influenciadores;
3. Estrutura dos campeonatos;
4. Estrutura das transmissões oficiais;
5. Inovação;
6. Conteúdo.

d. Na categoria denominada “Melhor Streamer”, será premiado o streamer profissional brasileiro que tenha desempenhado o papel de melhor Streamer no Brasil de acordo com a opinião do público, Superjúri e Portais. Deverá ser analisado seu desempenho durante o período explicitado no item b do Artigo 3°. Nesta categoria está vetada a participação de atletas que tenham jogado ao menos 10 (dez) partidas em torneios oficiais.

i. Deverão ser considerados para a avaliação desta categoria os seguintes critérios:

1. Qualidade da stream;
2. Frequência das streams;
3. Engajamento com os fãs de games e eSports;
4. Qualidade do conteúdo;
5. Números gerais;
6. Comportamento;
7. Responsabilidade social;
8. Ter streamado por, no mínimo, 6 meses durante os últimos 12 meses.

e. Na categoria denominada “Melhor Caster”, será premiado o caster profissional brasileiro que tenha desempenhado o papel de melhor Caster no Brasil. Deverá ser analisado seu desempenho durante o período explicitado no item b do Artigo 3°.

i. Deverão ser considerados para a avaliação desta categoria os seguintes critérios:

1. Eloquência;
2. Emoção;
3. Domínio sobre os jogos;
4. Comportamento;
5. Retenção das transmissões;
6. Trouxe análises pertinentes e educativas.

11. Da votação das categorias Semi Populares:

a. A premiação das categorias Semi Populares será dividida em 2 (duas) etapas:

i. 1a etapa: a votação será aberta ao público que, por meio do voto popular na Plataforma, indicará possíveis candidatos para cada categoria Semi Popular. Além do público, participam desta etapa os membros do Superjúri, indicando até 8 nomes por categoria, e o júri composto por Portais, indicando até 8 nomes por categoria;

ii. 2a etapa: a curadoria do Prêmio eSports Brasil selecionará os 5 (cinco) candidatos mais indicados na 1a etapa pelo público, os 5 (cinco) mais indicados pelo Superjúri e os 5 (cinco) mais indicados pelo júri composto por Portais. Os cinco mais votados por cada um dos grupos serão serão ranqueados de acordo com a quantidade de votos recebidos e receberão a pontuação da tabela abaixo:

1° colocado do público: 25 pontos;
2° colocado do público: 18 pontos;
3° colocado do público: 16 pontos;
4° colocado do público: 12 pontos;
5° colocado do público: 10 pontos;

1° colocado do Superjúri: 25 pontos;
2° colocado do Superjúri: 18 pontos;
3° colocado do Superjúri: 16 pontos;
4° colocado do Superjúri: 12 pontos;
5° colocado do Superjúri: 10 pontos;

1° colocado do júri composto por portais: 25 pontos;
2° colocado do júri composto por portais: 18 pontos;
3° colocado do júri composto por portais: 16 pontos;
4° colocado do júri composto por portais: 12 pontos;
5° colocado do júri composto por portais: 10 pontos.

Após o primeiro ranqueamento, as pontuações adquiridas serão multiplicadas pelos pesos de acordo com os grupos votantes da seguinte forma:

Público: 3,5;
Superjúri: 2;
Portais: 2,5.

Abaixo tabela exemplificando a votação da categoria de Melhor Organização:

PontuaçãoRankingPúblicoPortaisJúri
251ORG. AORG. JORG. J
182ORG. BORG. CORG. C
163ORG. CORG. DORG. D
124ORG. DORG. HORG. H
105ORG. EORG. GORG. G
ClassificaçãoPúblicoPortaisJúriTotal
ORG. A87,50087,5
ORG. B630063
ORG. C564536137
ORG. D424032114
ORG. E350035
ORG. F0000
ORG. G0252045
ORG. H0302454
ORG. I0000
ORG. J062,550112,5
Finalistas
1ORG. C137
1ORG. D114
1ORG. J112,5
1ORG. A87,5
1ORG. B63

Após a divulgação dos finalistas, o júri composto por Portais deverá votar em um entre os 5 (cinco) finalistas para decidir o vencedor. O finalista que receber mais votos nesta etapa será o campeão de sua respectiva categoria. O campeão somente será revelado durante a cerimônia de premiação do Prêmio eSports Brasil.

b. As categorias Semi Populares são compostas por voto do público, do Superjúri e do júri composto por portais. Os votos serão realizados diretamente no site da Plataforma oficial do Prêmio.

c. O público poderá votar quantas vezes quiser na primeira etapa.

12. Das datas de indicação e votação das categorias Semi Populares:

a. Os períodos de indicação e votação deverão ser seguidos sem prorrogação de prazo, tendo seu início sempre à 00:00:01 e fim às 23:59:59 dos respectivos dias determinados abaixo.

i. 1a etapa: de 08 de outubro de 2021 a 15 de outubro de 2021 (período de indicação do Superjúri e dos Portais) e de 22 de outubro a 07 de novembro (período de indicação popular).

ii. Anúncio dos finalistas: 18 de novembro de 2021.

iii. 2a etapa: 20 de novembro a 25 de novembro.

13. Dos critérios de desempate nas categorias Semi Populares:

a. Em caso de empate ao final das indicações, serão adotados critérios de desempate para definir as devidas colocações.

b. Em caso de empate na votação, o finalista com o maior número de indicações do público na primeira etapa lugar deve ser o vencedor da respectiva categoria.

14. Da categoria popular:

a. Fará parte do Prêmio, ainda, a categoria abaixo, denominada como Popular:

i. Craque da galera;

b. Na categoria denominada “Craque da galera”, será premiado o melhor atleta profissional de esporte eletrônico, de acordo com a opinião do público. É imprescindível que o atleta tenha jogado ao menos 10 partidas em torneios oficiais durante o período explicitado no item b do Artigo 3.

15. Da votação das categorias Populares:

a. A premiação das categorias Populares será dividida em 2 (duas) etapas:

i. 1a etapa: a votação será aberta ao público que, por meio do voto popular na Plataforma, indicará possíveis candidatos para cada categoria Popular;

ii. 2a etapa: a curadoria do Prêmio selecionará os 5 (cinco) candidatos mais indicados na 1a etapa e o público votará, durante o período estabelecido no item 10, para escolher o finalista.

b. A Categoria Popular é composta apenas por votos do público, que votará diretamente no site da Plataforma oficial do Prêmio.

c. O público poderá votar quantas vezes quiser na primeira e na segunda etapas.

d. Os votos conquistados na 1a etapa não serão descartados ao início da 2a etapa. O vencedor será aquele que conquistar mais votos.

16. Das datas de indicação e votação das categorias Populares:

a. Os períodos de indicação e votação deverão ser seguidos sem prorrogação de prazo, tendo seu início sempre à 00:00:01 e fim às 23:59:59 dos respectivos dias determinados abaixo.

i. 1a etapa: de 22 de outubro a 07 de novembro de 2021.

ii. Anúncio dos finalistas: 18 de novembro de 2021.

iii. 2a etapa : de 18 de novembro de 2021 a 16 de dezembro de 2021.

17. Da cerimônia de Premiação:

a. Os respectivos vencedores de cada categoria são revelados e premiados em cerimônia a ser realizada na data de 16 de dezembro de 2021, às 21 horas, no Auditório Simón Bolívar, localizado no Memorial da América Latina, em São Paulo - SP.

b. O evento pode vir a ser transmitido por meio de televisão aberta e/ou fechada, assim como por meio de broadcast em plataforma online.

18. Dos direitos sobre o procedimento de votação:

a. O procedimento de votação para cada uma das categorias é totalmente de direito das companhias parceiras na realização do Prêmio eSports Brasil e realizado através do website oficial do Prêmio, cujo endereço eletrônico será indicado pela realizadora.

19. Das disposições finais da Premiação:

a. Não obstante os artigos anteriores, a curadoria do Prêmio tem direito, em qualquer momento, a desconsiderar qualquer voto de qualquer membro do Superjúri, no caso deste membro ou seu indicado por voto ser considerado praticante de ato ou compromisso não ético e/ou desrespeitoso.

b. Para evitar dúvidas, o Prêmio não é obrigado a publicar tais nomeações ou a comunicar qualquer decisão ao membro ou a qualquer outra pessoa.

20. Do usuário da Plataforma do Prêmio eSports Brasil:

a. A Plataforma oficial de votações do Prêmio eSports Brasil é aberta a quaisquer pessoas que tenham o objetivo de se informar, votar e indicar atletas e personalidades para o Prêmio.

b. O cadastramento é realizado nesta Plataforma, e o usuário deverá aceitar os termos de uso para poder utilizar a plataforma de maneira integral.

c. Em caso de dúvida, haverá à disposição dos interessados o e-mail para contato: [email protected]

Gamificação da Plataforma

O Prêmio eSports Brasil contemplará os 5 (cinco) fãs que realizarem maior número de votos na Plataforma com um par de ingressos para o evento presencial da premiação que acontecerá no dia 16 de dezembro de 2021, no Memorial da América Latina - Auditório Simon Bolívar, localizado na Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda, São Paulo - SP, 01156-001. Possíveis despesas com hospedagem, transporte, alimentação e outros, não estão contemplados na premiação da gamificação. Os realizadores do Prêmio eSports Brasil entrarão em contato, por e-mail, com os vencedores da Gamificação, para realizar o envio do par de ingressos. Todos os perfis cadastrados na Plataforma do Prêmio eSports Brasil serão apurados, para quantificar as maiores pontuações através do volume de interação e do sistema de Gamificação da Plataforma. Por meio de consulta da API (Interface programática da aplicação) do site do Prêmio eSports Brasil, serão analisadas e computadas as interações dos usuários. Não poderão concorrer à Gamificação, funcionários, sócios, administradores e prepostos das companhias realizadoras do Prêmio. Da pontuação da Gamificação: Os participantes que realizarem o cadastro na Plataforma oficial do Prêmio irão disputar com todos os outros inscritos na Plataforma. Cada voto na Plataforma do Prêmio vale como um ponto. Somente serão computadas e pontuadas as interações que forem realizadas desde o início da segunda etapa da votação (22/10/2021 às 12h30) até o encerramento da segunda etapa da votação (07/11/2021 às 23h59), podendo se estender mediante comunicação prévia. Em caso de empate, será contemplado o participante que se cadastrou primeiro, considerando o dia e o horário de cadastro. No caso de um dos ganhadores selecionados não cumpra os procedimentos e/ou viole qualquer regra estabelecida neste regulamento, os realizadores do Prêmio eSports Brasil farão a substituição pelo participante subsequente na ordem de classificação. A Gamificação será divulgada pelos seguintes meios, mas sem a estes se limitar: Website do Prêmio eSports Brasil e Redes Sociais (TikTok, Instagram e Twitter). Em caso de dúvida, haverá à disposição dos interessados o e-mail para contato: [email protected] É de total responsabilidade dos realizadores do Prêmio eSports Brasil o cumprimento de todas as condições estabelecidas neste Regulamento.